terça-feira, 21 de setembro de 2010

Roteiro da Festa

Não lembro onde encontrei isso na net, mas achei bacana e queria dividir com vcs, ok?

Seja sua festa pequena ou grande, formal ou informal, há um roteiro para ser seguido num casamento e, sinceramente, não vejo motivos para os noivos quererem quebrar estas regras: podem sentir falta depois, são momentos especiais e únicos na vida e que proporcionam fotos lindas.
Muitos dos e-mails que recebo diariamente são contando que não terão cerimonialista e gostariam de saber a ordem da festa. Apesar de responder todos os e-mail, sempre fui relutante em escrever aqui no blog. Fico preocupada de algumas noivas lerem o post e acharem que não precisam mais de cerimonialista.
Resolvi escrever o roteiro que acho correto, baseado no que minha assessoria fez no meu casamento e também nos livros da Vera Simão e Fabio Arruda. Mas não achem que isso substituí o trabalho da cerimonialista: elas fazem muito mais que isso. Estes protocolos são apenas uma parte da festa.
Após a cerimônia religiosa….

Fotos com familiares e padrinhos


É muito difícil juntar todo mundo no meio da festa. Isto tem que ser feito antes dos noivos entrarem na festa, e também quando sua maquiagem/ cabelo ainda estão impecáveis, o noivo ainda não tirou o terno, etc. Avise os padrinhos, deixe uma irmã ou prima responsável por juntar todo mundo. Escolha um local bonito, pode ser na entrada do salão, na recepção, no jardim, e faça as fotos com cada um. É nessa hora também em que os noivos fazem algumas fotos dos dois juntinhos. Enquanto isso, no salão, os convidados estão se socializando, sentando às mesas e o coquetel deve ser iniciado junto com os primeiros convidados.
Dica: as fotos não devem demorar mais do que 1 hora. Lembre-se que os noivos são a atração da festa, e todos os convidados querem vê-los. Se vocês demoram muito, a festa começa a ficar entediante para os outros convidados, e o jantar irá atrasar mais ainda.

Entrada na Festa


Escolha uma música que gostem, animada, e essa é a hora da entrada triunfal dos noivos, agora casados, no salão. Não precisa ser feito nenhum anúncio no microfone para a entrada. Basta o DJ diminuir a iluminação, focar uma luz no lugar em que vocês vão surgir, diminuir a música ambiente que estava tocando, e de repente colocar a sua música, um pouquinho mais alta. Pronto, todo mundo saberá que algo está acontecendo. Os noivos entram e vão direto em direção ao bolo.
Dica: Entre com seu buquê, bem bonita. O buquê pode ser entregue depois para a cerimonialista guardar. Melhor já entrar sem o véu, para você ter maior mobilidade. Se o seu vestido for de calda longa e você for fazer aquele truque de prender a calda, já entre com ela presa também, para não ter que fazer isso no meio do salão.

Corte do bolo


Muitas pessoas tem dúvidas se cortam o bolo no início ou somente na hora de servir. É melhor cortar no começo, para fazer a foto oficial. O corte do bolo tem um significado: partilhar o futuro. É por isso que noivo e noivas cortam juntos, segurando a espátula juntos. Eu sugiro fazer todos estes prototocolos no começo, para poder curtir a festa depois sem precisar ser interrompida.
Dica: Normalmente o bolo fica no meio da pista de dança, para que todos convidados possam ver os noivos, e sobre uma mesa de rodinhas, para que possa ser retirado facilmente depois, sem que ninguém precise carregar o bolo. A espátula tem que ser deixada junto ao bolo já antes dos noivos chegarem. Se o bolo for falso, deve estar com o lado do corte indicado e voltado para os noivos, para que eles não fiquem tentando cortar o isopor, rs.
Após o corte do bolo, a cerimonialista e maitrê devem tirá-lo do meio da pista. Em geral, coloca-se  na mesa de doces. Ou na cozinha mesmo, para ser partido e servido na hora da sobremesa.

Brinde


Agora é hora de brindar, adoro as fotos do brinde! Os noivos devem decidir antes da festa quem irá fazer parte do brinde: somente os noivos; noivos + pais dos noivos; noivos + pais dos noivos + padrinhos. Com isto decidido, deve ser informado antes da festa para a cerimonialista ou maitrê, porque nessa hora já tem que ter um garçom com as taças prontas. Em geral, as taças já ficam cheias, para não correr o risco de estourar a champanhe no meio da pista e molhar o chão. Pais e padrinhos, se forem participar do brinde, devem estar por perto e nesta hora ir ao encontro dos noivos. Um garçom auxiliar distribuí as taças para todos e… tim-tim! Muitos brindes e muitas fotos.

Valsa

Em seguida, devolve-se a taça para a bandeja do garçom, porque chegou a hora da valsa.

Seja valsa ou a música escolhida pelos noivos, o DJ tem que estar pronto nesta hora para começar a música. É um momento lindo, a primeira dança entre os noivos. Aqui tem que ficar combinado também se haverá uma segunda música para dançar com os pais dos novios, e depois com os padrinhos. No meu caso, como meu pai é falecido, eu não quis ter segunda, terceira valsa. Dancei somente com meu marido e pronto. O importante é que você decida isto antes do casamento, escolha as músicas e a ordem, e informe ao DJ e à cerimonialista.

Cumprimentos


Após a valsa, o jantar pode ser iniciado (caso haja). Mas uma vez, não precisa ninguém anunciar. É apenas uma opinião minha, mas acho chato ter alguém no microfone comandando a festa. As pessoas vão ver que o jantar está sendo servido, não se preocupe. Enquanto isso, os noivos podem começar a circular pelo salão, cumprimentando os convidados. Eu recomendo começar pelos mais idosos. Ir direto na mesa dos avós, por exemplo, e fazer fotos com eles logo, já que costumam ir embora mais cedo. Os amigos mais jovens você pode até deixar para cumprimentar na pista, se não quiser passar em todas as mesas. Só acho que todos tem que ser cumprimentados, sem ser aquele agradecimento geral pelo microfone, afinal todos foram lá te prestigiar. Outra opção é apenas cumprimentar os mais idosos, sentar para jantar, e depois cumprimentar os amigos jovens na pista. A opção tradicional e passar em todas as mesas e somente após isso os noivos sentam para jantar.
E daí em diante, é só aproveitar a festa do jeito que você quiser!

Jogar o bouquet


Jogar o bouquet é feito mais para o final da festa, mas quando ainda tem um número bom de pessoas no salão. Em geral, após a sobremesa ter sido servida.

5 comentários:

Mari e Eder disse...

Adorei as dicas!!!!!!
vou copiar...
mas aqui...de qual fornecedora que vc quse caiu pra tras???
bjus

disse...

Ctrl C + Ctrl V... Adorei Ana!
Beijos

TatiBusa disse...

Li tudinho e otimas dicas mais como vou ter cerimonial ela deu quase as mesmas dicas so muda algumas coisas pois tudo depende da festa e essa sao otimas para quem nao vai ter!

Mari e Léo disse...

Muito boa as dicas. e olha que meu casamento vai ser um mini wedding, mas mesmo assim eu não quis dispensar um cerimonial para poder ficar tranquila tranquila...
bjs

Suzy disse...

Eu tenho cerimonialista , mas adorei as dicas!!
Na verdae fui lendo e imaginando, rsrsrs

Bjus!!

Related Posts with Thumbnails